Decoração para quarto de idosos com segurança e harmonia

Conheça dicas que vão ajudar a criar um espaço aconchegante e acolhedor

 

 

Chega um momento em que a vida nos agracia com a oportunidade de retribuirmos todo o bem que nossos pais, tios e avós nos proporcionaram. Deixamos de receber os mimos e passamos a zelar por aqueles que tanto amamos e que agora requerem um pouquinho mais da nossa atenção.

Além do amor e do carinho, precisamos observar que esta nova etapa necessita de algumas adaptações, sobretudo, no que se refere ao lugar onde residirão nossos velhinhos.

O quarto é o local onde os idosos costumam passar a maior parte do seu tempo. Pensando nisso, elaboramos este post com algumas dicas para decorar o quarto de idosos com conforto e segurança.

 

Escolha cuidadosamente a posição do quarto na casa

Se você for comprar apartamento, procure um que fique no térreo ou que tenha elevador, a fim de evitar que o idoso tenha que subir escadas.

Busque também por um espaço que possua uma janela ampla e, preferencialmente, posicionada para um jardim ou para uma rua movimentada. Isso estimula os sentidos. Nesse caso, são indicados imóveis em bairros além de movimentados, bastante arborizado.

 

Outra dica, é que o espaço seja construído em uma suíte, a fim de que o idoso tenha um banheiro disponível e não precise percorrer um caminho muito longo. Isso não só proporcionará mais conforto, como também reduzirá os riscos de acidentes.

Se você possui um apartamento de dois quartos, terá que fazer algumas adaptações no cantinho que será destinado para o idoso. Por isso, continue acompanhando a leitura e preste bastante atenção ao próximo item.

 

Promova algumas adaptações no dormitório

A porta do quarto deve ter aproximadamente 90 cm de largura para facilitar a passagem do idoso que necessite de andadores e de cadeiras de rodas para se locomover. Para a mão não escorregar na hora de abrir a porta é recomendável que a maçaneta seja linear e com sistema de alavanca.

 

Tudo fica mais fácil quando a janela for feita de materiais leves e preferencialmente for de correr. Não será preciso fazer muito esforço, nem passar pelo risco de sofrer uma queda ao tentar fechá-la. Uma noite de sono muito tranquila será garantida se você adotar vidros com isolamento acústico.

O cantinho fica mais aconchegante e agradável no inverso com pisos mais quentes. Por isso, você dever preferir os de madeira.

Deslocar pelo dormitório durante à noite fica muito mais seguro se você instalar interruptores com botões iluminados. Vale lembrar que deve haver um interruptor bem próximo à cama para que seja fácil acender a luz antes de ir ao banheiro, por exemplo.

 

Projete um ambiente confortável

Uma vez que foram realizadas as adaptações necessárias para que o idoso possa ter mais segurança, chegou o momento de falarmos sobre as medidas que devem ser adotadas para que o ambiente fique o mais confortável possível. Vamos a elas?

 

 

A cama deve ser larga e ter dimensões que permitam ao idoso ficar sentado com os dois pés bem apoiados no chão. Isso facilita o trabalho das pernas na hora de levantar. O estrado deve ser reforçado, pois alguns velhinhos acabam soltando o corpo bruscamente na hora de deitar. Cabeceira também é uma alternativa que promove apoio para as costas e sustentação para o pescoço, além de permitir que o idoso fique sentado confortavelmente na cama.

Poltronas podem proporcionar conforto para o idoso na hora de sentar para ver seus programas de televisão ou para fazer suas leituras. Devem ser posicionadas cuidadosamente perto da cama, sobretudo, para aqueles velhinhos com limitações mais severas de locomoção. O idoso poderá, ainda, vestir meias e calçar os sapatos sem ter o risco de sofrer quedas. Se possível, adotar uma poltrona com inclinação seria ideal para um cochilo após o almoço. Não é uma delícia?

 

 

Você pode colocar um criado mudo ao lado da cama para dar mais comodidade. O móvel poderá ter espaço para que os remédios, o controle da televisão e do ar condicionado fiquem ao alcance da mão e não seja necessário esticar muito os braços.

Outra alternativa bastante interessante consiste em adotar uma mesinha para as refeições que deverá estar um pouco mais alta que a cama e, preferencialmente, fixada ao chão. Esse móvel pode ser perfeitamente posicionado sob a cama para que os mais debilitados possam saborear tranquilamente aquela comidinha gostosa.

Confira agora a cereja do bolo!

 

Crie um cantinho especial para estimular o idoso a realizar atividades manuais como tricô, crochê e até mesmo pinturas. Para os amantes de uma boa leitura, que tal criar uma pequena biblioteca? Os mais moderninhos vão se deliciar com um computador conectado à internet. Dá até para paquerar um pouquinho.

 

Está gostando da leitura até aqui? Espero que sim.

 

Capriche na escolha das cores para o quarto

Cada cor pode proporcionar diferentes sensações e até mesmo interferir no nosso humor. Isso está provado cientificamente. Nesse contexto, é importante refletir sobre quais são as cores mais apropriadas para um quarto com moradores tão especiais. Pensando nisso, vamos tentar lhe ajudar nessa importante escolha.

Tons claros de amarelo trazem serenidade. Já os mais fortes proporcionam um ambiente de otimismo e de muita alegria.

As cores azul e verde proporcionam muita tranquilidade aos ambientes. O tom azul mais claro produz o efeito calmante e o escuro traz a sensação de pureza. Por outro lado, podem causar sonolência quando aplicados excessivamente.

Delicadeza e de bom gosto ficam garantidos com tons roxos. Além disso, a cor roxa, sobretudo em tons mais clarinhos, proporciona um toque de espiritualidade ao dormitório.

 

Portanto, o ideal é que você converse com profissionais qualificados e aposte na combinação das cores para harmonizar o ambiente. Tenho certeza de que o resultado será fantástico e seu ente querido ficará muito feliz.

 

Crie frescor através da iluminação e da climatização

Montar um ambiente acolhedor e agradável pode ser muito fácil. Confira agora as dicas de iluminação e climatização que vão deixar o quarto com aquele frescor.

Para que a iluminação do dormitório seja agradável e ao mesmo tempo funcional é importante observar que a cor da luz é determinante para transmitir a sensação adequada para cada ambiente. Por isso, as luzes amarelas e quentes, que transmitem a sensação de aconchego e descanso, são as mais indicadas. A luz branca, por sua vez, é ideal para deixar o ambiente mais claro. Indicado para os momentos de leitura. Portanto, saber equilibrar as duas pode tornar o ambiente muito agradável.

Ao contrário do que muitos pensam, utilizar ar condicionado pode ser muito benéfico para os idosos, pois além de tornar o ambiente mais agradável, impedem a proliferação de microrganismos nocivos à saúde. Durante o verão, a temperatura ideal para o quarto do idoso ficar mais aconchegante fica entre 21 graus e 25 graus. Mas não se esqueça de que os filtros têm que estar sempre muito limpos para promover a purificação do ar.

Assim sendo, procuramos destacar algumas dicas para que você possa montar um cantinho especial para seus pais, tios ou para seus avós com mais conforto e segurança.

 

Se você gostou do que leu, compartilhe este post nas suas redes sociais.

 

Compartilhe o que achou

Sem comentários

Deixe um comentário:

Por favor, repita os números no campo abaixo *